O ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal), concedeu progressão de regime ao empresário Marcelo Odebrecht, que estava em prisão domiciliar desde dezembro de 2017, quando deixou a Custódia da Polícia Federal, em Curitiba. O empresário teria de cumprir regime de prisão domiciliar até julho de 2021, mas conquistou progressão como benefício da cláusu...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários