O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu nesta terça-feira (8) que um eventual órgão regulador de proteção de dados, no âmbito das discussões do projeto de lei de combate às fake news, não seja subordinado ao governo federal. Segundo Maia, o papel de uma agência reguladora dos dados deveria ser mais independente não apenas do governo de Jai...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários