O presidente da França, Emmanuel Macron, não assistiu ao discurso do presidente Jair Bolsonaro na Assembleia-Geral das Nações Unidas, mas rebateu um dos argumentos do brasileiro. Cerca de 30 minutos após o discurso, questionado pelo Estado sobre a fala de Bolsonaro, Macron disse que não se trata de interesse econômico na floresta, m...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários