Indicado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, à Procuradoria-Geral da República (PGR) fora da lista tríplice, Augusto Aras criticou, nesta quarta-feira, 25, a eleição interna realizada por procuradores para formar a lista. Esta é a primeira vez em 16 anos que um presidente da República indica um nome para a PGR diferente dos três primeiros colocados na relação. ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários