As barras de ouro e pedras de diamante do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral foram vendidas ontem por R$ 4,6 milhões pela Justiça Federal. As pedras preciosas fazem parte dos valores que Cabral mantinha no exterior em nome dos irmãos doleiros Renato e Marcelo Chebar, no total de cerca de US$ 100 milhões. Os dois firmaram delação premiada e entregaram o dinh...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários