Atualizada às 13h30 A Justiça de Goiás suspendeu o pedido de prisão do ex-vereador de Goiânia Amarildo Pereira, condenado em outubro de 2020 pelo crime de peculato ao integrar um esquema que desviou R$ 7 milhões do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), entre novembro de 2001 e julho de 2014. A decisão foi emitida pelo juiz substituto em 2º grau S...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários