O ex-prefeito e atual vereador do Rio de Janeiro Cesar Maia (DEM-RJ) foi condenado por improbidade administrativa em um processo sobre a contratação por R$ 1,2 milhão, em 2008, da Fundação Orquestra Sinfônica Brasileira para realizar concertos no projeto Cidade da Música O juiz Bruno Bodart, na decisão, afirma que Maia tem responsabilidade pelos fatos porque assino...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários