O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, afirmou ontem que a decisão de condicionar o compartilhamento de dados de órgãos do governo a autorização judicial será analisada pelo plenário e sinalizou que o julgamento, marcado para novembro, pode ser antecipado.“O que fiz foi conceder uma liminar proibindo. Mas vamos julgar em plenário o mai...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários