Principal estrela das manifestações de raiz golpista convocadas para 7 de Setembro, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chega politicamente isolado ao feriado da Independência e precisando projetar força após sucessivas notícias negativas para o governo. Ao mesmo tempo em que perde capital político com a crise entre Poderes, intensificada por seus ataques ao Judi...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários