Investigados pela CPI da Covid que não têm cargo no Ministério da Saúde foram ao menos 71 vezes à pasta durante a pandemia. Na lista de visitantes há integrantes do "gabinete paralelo" e pessoas que a comissão do Senado considera como lobistas, envolvidos em transações sob suspeita. No total, a CPI da Covid tem uma lista com 29 investigados. Desses, 21 não poss...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários