O Ministério Público Federal (MPF) vai arquivar todos os fatos novos que aparecerem contra o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa.  A regra consta no acordo de delação premiada assinado com o órgão em agosto. Em troca de informações sobre o funcionamento do suposto esquema de corrupção investigado  na Operação Lava Jato, da Polícia Federal,  Costa...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários