O advogado Juliano Breda, defensor do ex-ministro Paulo Bernardo, disse na tarde desta terça-feira, 19, que a ação penal contra Paulo Bernardo e Gleisi Hoffmann, senadora e presidente do PT, exibe uma "fragilidade" de provas "flagrante", durante julgamento na Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF). Para Breda, as várias versões de depoimentos prestados d...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários