Determinado a pôr fim ao programa Goiás na Frente, criado em 2017 pela gestão do PSDB, o governo estadual baixou decreto ontem que incentiva o encerramento dos convênios com municípios. A expectativa é de devolução de cerca de R$ 20 milhões de repasses já efetuados, com obras ainda não iniciadas. Além disso, os prefeitos que tiverem obras consideradas prioritárias e ...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários