O ministro Gustavo Canuto (Desenvolvimento Regional) apresentou nesta quarta-feira (4) uma proposta de reformulação do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida. As mudanças incluem uma reformulação das faixas, com a priorização de subsídios para quem ganha até um salário mínimo, o estabelecimento de uma espécie de “locação” com poupança obrigatória para aquisi...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários