O vice-presidente da Goiás Parcerias, Heitor Camargo, que assumiu interinamente o comando da estatal, notificou o escritório Silva Sociedade Individual de Advocacia, de Taquaral de Goiás, para que devolva os R$ 177 mil pagos pela estatal por meio de um contrato assinado sem licitação, assinado em maio deste ano.  O caso foi revelado pelo POPULAR na última...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários