A redução do duodécimo da Câmara de Goiânia estava contida na proposta original de cortes de despesas elaborada pela Secretaria Municipal de Finanças. O trecho foi retirado por determinação do prefeito Iris Rezende (MDB), que acabou assinando o decreto de contingenciamento na sexta-feira (15) sem o corte de R$…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários