Caio Henrique Salgado

PGJ defende que municípios intensifiquem fiscalização e empresários colaborem

Apontando que “não há razão” para um novo decreto após técnicos da Universidade Federal de Goiás (UFG) sugerirem, como O POPULAR mostrou ontem, que o ideal é fazer valer as regras atuais, o procurador-geral de Justiça, Aylton Flávio Vecchi, defende maior fiscalização por parte das prefeituras e maior “conscientização” da população e dos empresários. Segundo ele, o Ministério Público tem atuado e obtido êxito em liminares para derrubar decretos municipais “que estavam extrapolando o decreto estadual”, mas falta engajamento da sociedade. “O mais importante é o município fiscalizar e que as pessoas tenham consciência para ajudar nessa vigilância”, avalia. Ele também aponta “incoerência” de lideranças empresariais. “Todos os responsáveis pelo setor econômico falam que se o governo permitir (a retomada ou manutenção de atividades) vai tomar medidas. Mas na hora de fazer não faz. Precisamos de consciência. O empresário pode ajudar disponibilizando vans para diminuir o fluxo no transporte coletivo, a aglomeração de pessoas, alternando os horários de entrada e saída dos trabalhadores (...) Se não tivermos conscientização, os níveis de contaminação vão subir e vamos colapsar. Foi o que aconteceu em Manaus, no Ceará.”

Golpe final

O posicionamento de técnicos da UFG para o governador Ronaldo Caiado (DEM) recuar, ao menos por enquanto, da publicação de decreto com novas restrições.

É que...

Diante de resistências vindas de todos os lados, uma das principais estratégias de convencimento do governador tem sido dizer que toma decisões baseadas “na ciência”.

Abalou

Caiado demonstrou, nos bastidores, insatisfações com o secretário Ismael Alexandrino. O auxiliar defendeu o posicionamento dos técnicos da UFG. Os dois têm se afastado desde a chegada da crise do novo coronavírus a Goiás.

Abalou 2

Palacianos apontam desagrado com Iris Rezende (MDB), que adotou estratégia de aguardar decisão do governo e não saiu em defesa de medidas mais duras.

Retorno

O Paço Municipal estuda a retomada do trabalho presencial das 8 horas às 18 horas para todos os seus servidores a partir de segunda-feira. Já está decidido que no mesmo dia as unidades do Atende Fácil vão abrir. No entanto, a ideia é que elas continuem com o os atendimentos restritos aos agendamentos.

Sem condições

Tramita na Assembleia Legislativa projeto enviado pelo governo estadual que autoriza subvenções econômicas de R$ 6 milhões para a Goiás Parcerias e R$ 5,3 milhões para a Goiás Telecom. A estatal da área de telecomunicações é uma das cinco que o Executivo tem autorização legislativa para privatizar.

Dia de podcast

Está disponível o novo episódio do Giro 360. O tema só poderia ser o recuo do governo em relação ao decreto que endureceria as restrições em Goiás.

Sai fora

Sai fora - Moradores improvisaram aviso para tentar evitar descarte de máscaras usadas em lixeira próxima ao HCamp, em Goiânia. (Foto: Wildes Barbosa / O Popular)
Pergunta para:
Lissauer Vieira (PSB) | Presidente da Assembleia
(Foto: Divulgação)

A LDO de 2021, que prevê a suspensão de concursos e aumentos a servidores do Executivo, não começou a tramitar. Qual o motivo?

Como a LDO precisa ser aprovada até o fim de junho, devemos definir o relator no início do mês. Em outros anos era complicado porque ela chegava e era uma correria dos poderes para propor emendas. Desta vez eu diria que ela está 99% pronta. O governo discutiu com todo mundo antes.

Arremate:

Polêmica - O senador Vanderlan Cardoso (PP) esteve ontem com o ministro da Educação, Abraham Weintraub. O auxiliar de Jair Bolsonaro disse que está disposto a recorrer em todas as instâncias para manter a data do Enem.

Apoio - Alinhado com a base bolsonarista no Congresso, Vanderlan disse que apoia o não adiamento da prova.

Licitações - A Associação Goiana dos Municípios (AGM) fará debate virtual na terça-feira , às 19 horas, sobre licitações em tempos de pandemia do novo coronavírus.

Daia - Decreto do governador Ronaldo Caiado transferiu 87 alqueires da Plataforma Logística Multimodal de Anápolis à Codego.

Escolha seu assunto favorito.
E-mail registrado com sucesso!
A partir de agora você receberá seus assuntos preferidos por e-mail.
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários