O presidente da Federação das Indústrias de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, diz à coluna que Goiás não pode dar um segundo mandato ao governador Ronaldo Caiado (DEM) e que mantém conversas com oposicionistas visando a construção de uma alternativa para eleger um “cara que seja gestor” em 2022. “Goiás não pode mais ter um governador que não tem experiência administrativa. Esse negócio de marketing…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários