Após revisar as normas que integram o ordenamento jurídico do Estado de Goiás, a Secretaria da Casa Civil encontrou mais de 600 decretos sem uso ou que estabelecem exigências descabidas, exageradas ou redundantes para pessoas, empresas, organizações e para o próprio governo. Todos devem ser revogados. Segundo o levantamento, 163 destas normas tratam de alteração em decretos já revogados e…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários