Escândalo de fraude em exame da OAB-GO rende R$ 196 mil ao combate à Covid

O escândalo de 2007 de fraudes de carteirinhas da Ordem dos Advogados do Brasil Seção Goiás (OAB-GO) vai render R$ 196,6 mil para o combate à Covid-19 no Estado. O dinheiro vem dos pagamentos a serem feitos pela entidade (R$ 130 mil) e por dois dos condenados pela compra das carteirinhas (R$ 66,6 mil,…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários