Marcos Nunes Carreiro

Principais partidos da oposição ao governador Ronaldo Caiado (DEM), e que só têm um parlamentar cada na bancada goiana do Congresso Nacional, MDB e PSDB governaram as cidades que receberam 39,2% das emendas de deputados e senadores destinadas a municípios em 2020. É o que aponta levantamento da execução orçamentária federal feito com exclusividade para a coluna pelo Instituto Nacional de Orçamento Público (Inop). As 26 cidades com prefeitos do MDB executaram R$ 56 milhões em emendas de deputados e senadores, sendo R$ 34,3 milhões de Goiânia (R$ 23,6 milhões) e Aparecida de Goiânia (R$ 10,6 milhões), maiores populações do Estado, e então governadas por Iris Rezende e Gustavo Mendanha, respectivamente – o último foi reeleito. Já as prefeituras geridas pelo PSDB executaram R$ 44,3 milhões em emendas – 50 dos 52 municípios com gestores tucanos receberam recursos dos parlamentares. Destaque para Iporá, que executou R$ 4 milhões. Cidades governadas pelo PP, que pertence à base governista, e pelo DEM de Caiado, vêm logo em seguida no ranking, com execuções de R$ 37,8 milhões e R$ 27,7 milhões, respectivamente.

Marcos Nunes Carreiro

No topo

Santa Helena de Goiás, com 38 mil habitantes, foi a 2ª cidade que mais executou emendas em 2020: R$ 11,7 milhões, ficando à frente de Aparecida e com quase o dobro de Anápolis (R$ 6,9 milhões).

Paizão

Motivo: R$ 11,1 milhões foram de emendas do deputado Alcides Rodrigues, que é pai do prefeito João Alberto, ambos do Patriota. João foi reeleito.

Políticas, mas...

A secretaria executiva da pasta de Políticas para as Mulheres e a chefia de gabinete do Escritório de Prioridades Estratégicas vão ficar com Ludmila Rosa (Avante) e Julimária dos Santos (Cidadania), respectivamente.

...sem indicação

As duas são do Movimento Acredito. Ludmila disputou cadeira na Câmara de Goiânia e Julimária foi vice de Virmondes Cruvinel. Os secretários Tatiana Lemos e Zé Frederico disseram à coluna que as escolhas foram técnicas e não indicações políticas.

Executivo

O cientista político e professor da UFG Robert Bonifácio foi convidado para assumir a secretaria executiva do Escritório de Prioridades Estratégicas, pasta criada para gerir projetos da nova gestão da capital. Seu pedido de cessão já foi feito à universidade. Aguarda decisão a respeito, e publicação no Diário Oficial da União, para tomar posse.

marcos.carreiro@opopular.com.br

Antecipado

A eleição da OAB-GO, marcada para novembro, já começou a movimentar a entidade. Como o apoio do presidente Lúcio Flávio ao secretário-geral Jacó Coelho, o presidente da Casag, Rodolfo Otávio, e Rafael Lara devem se unir para a disputa, provocando divisão na base da atual gestão. A oposição também terá candidato.

Campanha

O deputado Arthur Lira (PP-AL), candidato a presidente da Câmara dos Deputados, vai jantar no Palácio das Esmeraldas na segunda-feira (11). Além de conversa com Caiado, tem agenda com deputados federais goianos, em meio à disputa contra Baleia Rossi (MDB-SP), candidato apoiado por Rodrigo Maia (DEM). Presidente do PP em Goiás, Alexandre Baldy, também deve estar presente.

Pergunta para:
Tatiana Lemos | Sec. de Políticas para Mulheres
(Foto: Alberto Maia / Câmara Municipal de Goiânia)

A pasta tem como prioridade atender mulheres em situação de vulnerabilidade. Como será feito o mapeamento?

Vamos para os bairros. O organograma da secretaria já vai contemplar essa regionalização e contamos com auxílio de outras pastas. Queremos investigar quem são as mulheres vulneráveis, não apenas as cadastradas nos bancos de dados e programas, mas também as que não sabem que existem esses cadastros. É a meta.

Escolha seu assunto favorito.
E-mail registrado com sucesso!
A partir de agora você receberá seus assuntos preferidos por e-mail.

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários