Entidades de auditores e procuradores de Goiânia devem ir à Justiça para revogar alterações na estrutura do Paço feitas pela reforma administrativa sancionada pelo prefeito em exercício, Rogério Cruz (Republicanos). A reforma revogou série de dispositivos de leis que estipulavam atribuições e funções privativas das duas carreiras, como: a ocupação de superintendências da…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários