O atraso no Orçamento da União tem criado tensão em prefeitos goianos, visto que, sem ele, as emendas parlamentares para este ano ficam travadas. Boa parte das prefeituras depende de recursos enviados por deputados federais e senadores para custeio e investimentos. Vice-presidente da Confederação Nacional dos Municípios e prefeito de Campos Verdes, Haroldo Naves (MDB) diz…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários