O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, divulgou uma nota para contextualizar as afirmações que fez no sábado (11) sobre os militares. Segundo o magistrado, o Exército está se associando a um "genocídio" na epidemia do novo coronavírus ao conduzir mal o Ministério da Saúde, comandado hoje por um general, Eduardo Pazuello. O ministro disse que reafir...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários