O Estado de Goiás tomará empréstimo de R$ 230 milhões do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) para a quitação da folha de magistrados e servidores do próprio Judiciário por dois meses. Projeto de lei que autoriza o financiamento foi encaminhado ontem à Assembleia Legislativa de Goiás, após aprovação na Corte Especial do TJ-GO, e aprovado em primeira votação, na autoconvocaç...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários