O fim do pagamento de quinquênio e da licença-prêmio deve atingir aproximadamente 12,8 mil servidores apenas em 2020. A previsão consta nos projetos de lei enviados à Assembleia Legislativa e que mudam os estatutos do servidor público estadual e do magistério público estadual da educação básica e da educação profissional. O levantamento foi feito pela Secretaria de A...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários