Para além do impacto na mesa de negociações dos partidos para as eleições do ano que vem, a filiação do ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles, atual secretário do Estado de São Paulo, ao PSD jogou mais luz a uma divisão interna da legenda e uma estratégia de tomada do comando do diretório estadual.O racha ocorre não apenas sobre a aliança ou não com o governador ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários