Há mais de 900 dias a pergunta "Quem mandou matar Marielle Franco?" ecoa sem respostas. Para manter vivo o legado da vereadora, assassinada em 14 de março de 2018, sua família lança mão de iniciativas que possam impactar as eleições municipais de novembro e as estruturas da política nacional. Na segunda (14), o Instituto Marielle Franco inaugurou o site da Agenda...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários