Em nova crítica aos governadores sobre a alta no preço dos combustíveis, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse a apoiadores no Palácio da Alvorada que os chefes de Estado não querem “perder a receita”, e que a cobrança do ICMS é decidida “entre amigos”. Sem citar nomes, Bolsonaro também falou especificamente sobre dois governadores, um deles do Centro-Oeste: “...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários