“A Comissão sobre Mortos e Desaparecidos Políticos existe há 15 anos e é um absurdo que não tenha conseguido cumprir sua missão. Tem sido incompetente para aquilo que foi constituída. Por conta disso, faço questão de participar para colaborar para que ela cumpra sua missão legal.” A fala é do procurador-chefe do Ministério Público Federal em Goiás (MPF), Ailton Benedito...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários