Após o carnaval, o vereador Felizberto Tavares (sem partido) deve dar continuidade ao projeto de filiar-se ao PR, sob a promessa de presidir o diretório metropolitano do partido. A negociação foi feita com a deputada federal Magda Mofatto (PR) e pelo presidente regional do partido, Flávio Canedo. Felizberto foi expulso do PT no dia 30 de janeiro por infidelidade...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários