Apesar de 52,23% dos residentes de Goiânia serem mulheres, a representação feminina nas chapas para disputa por cadeira na Câmara Municipal na eleição deste ano não deve seguir o mesmo nível. Partidos políticos procurados pela reportagem informaram que a quantidade de mulheres em suas chapas ficará próximo do mínimo de 30% determinado em lei. Os dirigentes das siglas apon...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários