Em plano elaborado pelo governo de Goiás para melhorias na distribuição de energia, o Estado apontou necessidade de investimento pelo menos quatro vezes maior do que a Enel Distribuição havia se disposto a fazer em dois anos. Foi com base nesse relatório, ao qual O POPULAR teve acesso, que houve negociação com a distribuidora, intermediada pelo Ministério de Minas e Ener...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários