Ao mesmo tempo em que a Enel Distribuição Goiás registra lucro líquido 14 vezes maior do que o apresentado em 2017 e com investimento em R$ 756,67 milhões, as condições prometidas para a empresa na ocasião da venda da Celg Distribuição (Celg D) mudam no Estado. Isso traz para representantes da iniciativa privada temor em relação à segurança jurídica para investimentos e...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários