Os ex-governadores Marconi Perillo (PSDB) e José Eliton (PSDB) assinaram nota criticando o governo de Ronaldo Caiado (DEM) em relação à privatização da Celg GT. Nesta semana, a assembleia de acionistas da empresa se reuniu e deu sinal verde para o processo de desestatização. Os tucanos, em cujas administrações a Celg D foi vendida à Enel, atacaram a ação do governo atua...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários