Em coletiva realizada na tarde deste domingo (15), o diretor-geral do Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO), Wilson Gamboge, informou que cinco pessoas já foram presas no Estado por crimes eleitorais. Entre elas, uma mesária, em Goiânia, que foi detida fazendo boca de urna. Ela foi levada para o 1º DP e já passou por audiência, segundo informou o diretor. Gambog...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários