O ex-prefeito de São Paulo e candidato à Presidência da República em 2018 pelo PT, Fernando Haddad, e a coligação “O Povo Feliz de Novo” foram multados em R$ 176,5 mil pelo ministro Edson Fachin, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Segundo o jornal O Globo, a decisão foi tomada em processo no qual o presidente Jair Bolsonaro (PSL) acusou o rival de impulsionar propaganda n...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários