Eleito com uma agenda contrária ao PT, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), diz que atualmente é a favor de uma frente que inclua a centro-esquerda. Defende que é preciso haver um diálogo “contra os extremos” nas eleições de 2022. Em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo publicada nesta segunda-feira (23), o tucano justifica a mudança de posição dizend...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários