Com receio de um processo de impeachment, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem buscado uma saída jurídica na discussão orçamentária que não crie um novo mal-estar com o Congresso Nacional.Para não correr o risco de cometer crime de responsabilidade ao sancionar a proposta, o presidente foi orientado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, a fazer vetos ao tex...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários