A migração do WhatsApp ao Telegram por usuários identificados com a direita parece ter tomado força na última semana no Brasil. Os ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e Ricardo Salles (Meio Ambiente) e os deputados federais Bibo Nunes (PSL-RS) e Bia Kicis (PSL-DF) são alguns dos bolsonaristas que criaram ou reativaram contas na rede social nos últimos dias. Um dos fa...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários