Cerca de 5 mil pessoas se reuniram no centro de Goiânia na manhã deste sábado, 7 de setembro, para o desfile em comemoração ao Dia da Independência do Brasil. O evento começou logo cedo e teve as presenças do governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), do prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), entre outras autoridades. 

Por volta das 8 horas, em frente ao Teatro Goiânia, no cruzamento das avenidas Tocantins e Anhanguera, o governador e prefeito hastearam as bandeiras do Brasil, de Goiás, e de Goiânia. 

Na sequência, acompanharam o desfile das forças de segurança, que foi aberto com o comando de Missões Especiais do Exército. Depois foi a vez da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Guarda Civil Metropolitana de Goiânia (GCM). 

“Mais do que nunca é a hora de reafirmamos nosso amor pela Pátria. Aquilo que conquistamos e que hoje celebramos e reproduzimos: a Independência do Brasil. Foi um momento difícil, e nós preservamos esse processo com todo o regime democrático, com toda liberdade e, ao mesmo tempo, lutando para o resgate da cidadania”, destacou Caiado. 

O prefeito de Goiânia ressaltou que as comemorações mostram “o esforço, a luta dos nossos antepassados para fazer do Brasil, a República que é hoje. Mostram ao futuro o que foram os nossos antepassados em defesa da Pátria”.

O desfile foi acompanhado pelo presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Walter Carlos Lemes; os secretários de Estado Rodney Miranda (Segurança Pública), Fátima Gavioli (Educação), Adriano da Rocha Lima (Desenvolvimento Econômico e Inovação), tenente-coronel Luiz Carlos de Alencar (Casa Militar); o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Dewislon Adelino Mateus; o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Renato Brum; o diretor-geral da Administração Penitenciária, coronel Wellington Urzêda; e os presidentes Silvio Fernandes (Ipasgo), Denis Pereira (Iquego) e Vanuza Valadares (Ceasa).

Com informações Assessoria do governo de Goiás