Oitenta e dois dias depois da morte de Maguito Vilela (MDB), a Prefeitura de Goiânia perde os rumos da gestão proposta pelo MDB com a saída de 21 auxiliares de primeiro escalão - 6 substituídos pelo prefeito Rogério Cruz (Republicanos), 1 que havia pedido exoneração semana passada e 14 que entregaram os cargos na manhã de segunda-feira (5) em rompimento com a atual ges...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários