Em votação realizada nesta quarta-feira (17), os deputados estaduais decidiram não seguir nota técnica do setor de saúde da Assembleia Legislativa de Goiás e manter as sessões híbridas na Casa. Antes de iniciar a reunião ordinária, o presidente Lissauer Vieira (PSB) propôs, com base no documento, que o prédio da Assembleia fosse fechado administrativamente por pelo m...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários