A formação, na terça-feira (23), de maioria no Supremo Tribunal Federal (STF) no sentido de permitir a aquisição de vacinas por Estados e municípios, caso a União descumpra o Plano Nacional de Imunização, foi usada pela oposição na Assembleia Legislativa para cobrar do governador Ronaldo Caiado (DEM) posição a respeito do assunto. A autorização do STF se dá também ca...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários