Estratégia para reforçar o apelo político por socorro do governo federal, o decreto de estado de calamidade financeira (número 9.392) publicado nesta segunda-feira (21) pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) não aponta os efeitos da decisão. O documento prevê que a Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan) editará “atos complementares sobre as medidas administrativas...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários