O prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), defendeu publicamente ontem o que entre emedebistas já era considerado natural: que o presidente do MDB goiano, Daniel Vilela, comande o processo de transição de governos e definições do início da nova gestão, enquanto o prefeito eleito Maguito Vilela, pai dele, estiver em tratamento da Covid-19. O próprio Daniel e aliados minimizar...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários