Os governadores de São Paulo, João Doria (PSDB), e do Rio, Wilson Witzel (PSC), os dois Estados com mais mortes por coronavírus, voltaram a criticar o presidente Jair Bolsonaro por mais uma mudança no Ministério da Saúde após a saída de Nelson Teich do cargo. Wiltzel se manifestou em sua conta no Twitter. "Presidente Bolsonaro, ninguém vai conseguir fazer um tra...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários