Os déficits previdenciários atuariais de municípios goianos apontam que são necessários valores até mesmo bilionários para o equilíbrio financeiro de aposentadorias de servidores públicos no futuro. O município de Rio Verde, cidade localizada no Sudoeste do Estado, é o 1º colocado do ranking, com déficit de R$ 1,1 bilhão. Aparecida de Goiânia fica em 2º lugar na lista,...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários