■ Apaixonado por motos, comprou uma Harley Davidson logo no início do mandato em 48 parcelas de R$ 1,8 mil. “Tinha que andar de madrugada porque falavam que estava ostentando. Fiquei chateado e vendi”, diz. ■ Voltou a andar na CG-125 de mais de uma década de uso, foi quando começaram a dizer que estava “escondendo o jogo”. ■...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários