O Comitê de Crise da Prefeitura de Goiânia que avalia medidas de combate ao novo coronavírus decidiu, em reunião realizada na manhã desta quarta-feira (29/04), não flexibilizar, por enquanto, as restrições atuais. A decisão está mantida até a chegada do lote de testes rápidos adquirido pelo Paço Municipal, prevista para a semana que vem, e a realização de um inquérito epidemiológico.

Conforme o apurado, a posição foi apresentada pela secretária municipal de Saúde, Fátima Mrue, escalada pelo prefeito Iris Rezende (MDB) para conduzir as decisões a respeito da pandemia, e acatada pelos demais menbros do Comitê de Crise. Uma nota técnica comunicando a decisão deve ser publicada na quinta-feira.

O Giro mostra nesta quarta que Iris tem intenção de liberar atividades econômicas e tratou do assunto com o governador Ronaldo Caiado (DEM) em café da manhã na terça. No entanto, o prefeito não tratou de datas e sinalizou para o interesse de adotar as medidas seguinda as suas orientações, em diálogo com a gestão estadual.